Blog do Matias

O que já sabemos sobre a continuação de Pacific Rim?

Alexandre Matias

18/02/2017 08h52

Um dos grandes filmes de ação de 2013, Pacific Rim também foi mais um exercício de nerdismo em grande escala por parte do diretor mexicano Guillermo Del Toro, colocando monstros para lutar contra robôs gigantes em diferentes cidades ao redor do Oceano Pacífico, onde estava localizada a falha geológica que batiza o filme (que, no Brasil, foi batizado de forma indecifrável como Círculo de Fogo). Apesar de contar uma história com começo, meio e fim, o filme original sempre veio associado à ideia de uma continuação – e talvez tornar-se uma franquia. E depois de muitas especulações sobre este segundo filme, eis que este mês de fevereiro trouxe uma série de novidades em relação ao segundo volume da história.

A principal delas é a que o personagem vivido por John Boyega é mesmo o filho do personagem de Idris Elba no primeiro filme. A revelação veio na forma de um tweet de Boyega, o Finn do Episódio VII de Guerra nas Estrelas, que havia sido confirmado no elenco do filme no meio do ano passado.

Mais do que revelar a primeira imagem oficial do filme, o texto da publicação era bem claro: “Eu sou Pentecost, 2018”, numa referência ao sobrenome do protagonista que, no clássico trailer original, avisava que estava “cancelando o apocalipse!”. O parentesco, no entanto, não diz respeito apenas aos personagens dos dois filmes, mas, principalmente, em relação à distância entre as duas histórias. Até então não sabíamos quanto tempo havia se passado entre os dois filmes e mesmo se ambos se passavam com o mesmo grupo de personagens.

O tweet também oficializou o título do novo filme, que não se chamará Pacific Rim 2 ou mesmo Pacific Rim: Maelstrom, como era especulado anteriormente. O nome oficial da continuação do filme é Pacific Rim: Uprising e seu logotipo foi revelado nesta sexta-feira na conta do Instagram do diretor novato Steven S. DeKnight.

A tradução para “maelstrom” varia entre “turbilhão” e “redemoinho”, dando tanto a ideia de intensidade e velocidade como a de algo acontecendo embaixo d’água. “Uprising”, por sua vez, pode significar tanto “revolta”, “levante” e “insurreição” quanto “renascimento”. O que dá uma dica do que virá por aí: a falha sob o Pacífico não pode ser fechada e os kaiju – a forma como os monstros são referidos no universo de Pacific Rim – irão voltar.

A própria escalação de DeKnight para a direção é outra grande mudança nos rumos do filme, mas Del Toro segue como produtor, dando pitacos na história que criou. DeKnight é conhecido pelas diferentes séries Spartacus, do canal norte-americano Starz, e por ter pego a segunda temporada do Demolidor da Marvel depois da saída de Drew Goddard, mas nunca dirigiu um filme. E ao que tudo indica, depois do novo Pacific Rim, ele volta para a televisão, para dirigir a primeira temporada de outro personagem da Marvel, o Justiceiro.

Do elenco original, foram confirmadas as participações de Rinko Kikuchi, de volta ao papel de Mako Mori, e dos dois principais cientistas do filme, o Dr. Hermann Gottlieb vivido por Burn Gorman e o Dr. Newton Geiszler, de Charlie Day. Este, inclusive, pode ser o motivo do levante do título, uma vez que ele pode entrar na mente de um kaiju, uma espécie cuja consciência é coletiva, como uma colmeia de abelhas. Não há referências sobre a volta de Clifton Collins Jr. como o operador Tendo Choi ou de Ron Perlman como Hannibal Chau, embora a ausência de Charlie Hunnam, um dos principais atores do primeiro filme, já tenha sido confirmada, por questões de agenda do ator.

O novo Pacific Rim já está sendo filmado na Austrália e deve estrear só no ano que vem – a data exata de lançamento nos Estados Unidos é dia 23 de fevereiro de 2018.

Sobre o Autor

Alexandre Matias, 41, nasceu em Brasília e mudou-se para Campinas em 1993. Começou a trabalhar como jornalista no Diário do Povo, em Campinas, e em 1995 criou a coluna Trabalho Sujo (http://trabalhosujo.com.br/), que manteve em papel pelo tempo que ele trabalhou no jornal, até 1999, quando a transformou em um site, que mantém até hoje. Atualmente mantém o podcast Vida Fodona (http://fubap.org/vidafodona/) e uma coluna sobre música brasileira na revista Caros Amigos. Também produz a festa semanal Noites Trabalho Sujo na Trackers, no centro de São Paulo, onde mora desde 2001. Trabalhou ainda como tradutor de HQs, editor-executivo da Conrad Editora e editor-chefe da agência de notícias do projeto Trama Universitário, da gravadora Trama. Também editou o caderno Link do jornal O Estado de S. Paulo e foi diretor de redação da revista Galileu, da editora Globo.

Sobre o Blog

A cultura do século 21 é muito mais ampla que a cultura pop, a vida digital ou o mercado de massas. Inclui comportamento, hypes, ciência, nostalgia e tecnologia traduzidos diariamente em livros, discos, sites, revistas, blogs, HQs, séries, filmes e programas de TV. Um lugar para discussões aprofundadas, paralelos entre diferentes áreas e velhos assuntos à tona, tudo ao mesmo tempo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Blogs - Blog do Matias
Topo